Soldado Prisco: vereador alerta sobre uma possível greve em 2014

Nenhum Comentário

O programa Baiana Livre, da rádio Baiana FM, e o Grande Salvador entrevistaram nesta quarta-feira (25) o vereador soteropolitano Soldado Prisco (PSDB), representante dos Policiais Militares na Câmara, que falou sobre a discussão a respeito do desvio de função de PMs na Assembleia Legislativa (ALBA). Falou ainda sobre uma possível greve em 2014.

A respeito dos desvios de funções, o vereador disse vê a situação “de forma absurda e arbitrária”. “A Lei permite que o policial seja nomeado para fazer a segurança de certas autoridades como presidente da Câmara de Vereador, da Assembleia Legislativa, Governador, Prefeito, entre outras. Mas, para serem segurança de uma pessoa em específico, não para família ou ser motorista particular da autoridade, como ocorre na Assembleia. É uma ação inconstitucional e os responsáveis podem ser acusados de improbidade administrativa. Os PMs são servidores do Estado. O governador tem consciência dos desvios de função e deveria tomar providências”.

20130925_124507

Ainda sobre o assunto, foi questionado a respeito da seguinte declaração do presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo: “Ao invés de eu contratar um motorista, estou fazendo economia: é um segurança-motorista”. Instataneamente, Prisco sugeriu que, “para reduzir os custos, manda ele devolver os 40 policiais que estão com desvio de função na Assembleia”.

Sobre Marcelo Nilo, Prisco ainda fez declarações a respeito da greve da PM em 2012 e a carta de repúdio da categoria contra o presidente da ALBA. “Repudiamos pela forma como o presidente tratou os policiais. Desonrosa e truculenta. Não tinha necessidade de tratar os policiais daquela forma. Desocupar a casa com a ajuda do exército foi um verdadeiro tiro no pé”.

Falando-se em greve, o vereador informou que tem negociado benefícios para a categoria com o Governo do Estado e que, se não tiver acordo, há grandes chances de ocorrer uma nova greve, similar a ocorrida em 2012. “Estamos com a mesa de negociação até dezembro de 2014, se não fecharmos nenhum acordo entraremos em greve”.

Na entrevista, temas relacionados a administração municipal foram colocados em pauta, tais como, o reajuste no IPTU. “O aumento foi para imóveis com valores alto e beneficiou muito mais a classe pobre. Além disso, tem desconto para quem fizer o recadastramento, de 10%. As intervenções no IPTU foram para torná-lo constitucional, o formato anterior era inconstitucional, a tabela de cobrança não condizia com as exigência da lei. O que ACM Neto fez foi alinhar e tornar constitucional”.

Prisco avaliou a atual administração municipal como boa e ressaltou que muita coisa precisa ser feita. “Como a prefeitura estava financeiramente desestruturada e o rombo deixado por João Henrique é muito grande, o prefeito teve que deixar de fazer vários projetos prometidos em Campanha. As demandas são muito grandes e temos poucos recursos”.

Falando em João Henrique, o edil declarou que votará contra a aprovação das contas de 2011 do ex-prefeito. “Acho que será esmagadora a desaprovação das contas nas outras vezes”.

Para finalizar, Soldado Prisco declarou que sairá como candidato a deputado estadual. “Hoje, o partido tem uma boa representação com o Capitão Tadeu, mas ele é pré-candidato a deputado federal. Ele é o único representante da categoria na ALBA, atualmente. Eu sou pré-candidato a deputado estadual e tenho quase certeza que vamos alcançar essa conquista”.

Tags:, , , , , , , , ,

Mais em DESTAQUE, POLÍTICA
carteira de trabalho
Grande Salvador: número de pessoas ocupadas cresce 2,1% na região em agosto

Em agosto, o número de pessoas ocupadas cresceu 2,1% na Grande Salvador, passando de 1.499 mil para 1.531 mil pessoas.......

Fechar